Coordenadores

COORDENAÇÃO

Bispo referencial
Dom José Antonio Peruzzo
Arcebispo metropolitano de Curitiba

Coordenadora Regional
Débora Regina Pupo de Lima
(41) 9 9649-3041
[email protected]
[email protected]

 

INTRODUÇÃO/CONTEXTUALIZAÇÃO  

A natureza da catequese, se encontra no fato de ela ser “um ato de natureza eclesial, que nasce do mandado missionário do Senhor (Mt 28, 19-20) e que está orientada, como seu nome indica, a fazer ressoar continuamente o anúncio de sua Páscoa no coração de cada pessoa, para que sua vida seja transformada” (DC, n.55).  Ao pensar na ação catequética identificamos duas dimensões:  

  • A primeira é a missão específica dos catequistas, que se desenvolve no contato direto com crianças, adolescentes, jovens e adultos, bem como com suas famílias, para que o processo de educação da fé seja harmonioso.  
  • A segunda, diz respeito, ao serviço da coordenação que “requer um trabalho em equipe, pois é um serviço representativo da comunidade, dos catequistas e das famílias” (DNC, n.315).   

 

Quando se trata da organização da ação catequética é preciso enfatizar que ela deve ser “mais evangelizadora e pastoral do que institucional […] precisa estar ligada aos acontecimentos da Igreja, para caminhar em sintonia com a comunidade, garantindo a unidade e a comunhão” (DNC, n.321).  

A organização da dimensão bíblico-catequética, no Brasil, se constitui em vários níveis: paroquial, diocesano, regional e nacional. Em relação à organização regional, compreendemos a necessidade, sempre maior, de favorecer a participação das dioceses em todo o processo de reflexão e organização da dimensão bíblico-catequética. Sendo assim, propõe-se uma coordenação regional participativa, na qual os coordenadores e assessores possam colaborar e sentirem-se, também, responsáveis. Sendo assim a dimensão bíblico-catequética conta com a seguinte organização:  

 

Equipe regional de reflexão: formada pelo bispo referencial, a pessoa indicada como coordenadora, um sacerdote, mais alguns catequistas que possam ajudar na reflexão bíblica, teológica, metodológica e litúrgica. A missão dessa equipe é refletir sobre temas importantes apresentado pelas dioceses, propor materiais e subsídios formativos, auxiliar na formação de catequistas e coordenações diocesanas.  

 

Equipe ampliada de coordenação regional: formada pelos coordenadores e assessores das 18 dioceses que compõe o regional. Essa equipe, além de apresentar questões pertinentes à caminhada catequética, ajudam a pensar projetos e orientar as ações. Tendo em vista a unidade da catequese no que é essencial: “a serviço da Palavra de Deus, a catequese acompanha, educa e forma na fé e para a fé, introduz na celebração do Mistério, ilumina e interpreta a vida e a história humana. Integrando harmoniosamente essas características, a catequese expressa a riqueza de sua essência e oferece sua contribuição específica para a missão pastoral da Igreja” (DNC, n.55).  

 

Missão da equipe regional 

A missão da coordenação regional da animação bíblico-catequética, é inspirada pelo número 328 do Diretório Nacional de Catequese.  

  • Manter a unidade e a comunicação entre as dioceses do regional. Suscitar e favorecer a troca de experiências e auxílio entre as dioceses;  
  • Favorecer a formação catequética através de cursos e escolas para coordenações diocesanas;  
  • Manter a sintonia com os objetivos, ações e prioridades assumidas em nível nacional;  
  • Manter contato com as diversas entidades que se ocupam com a reflexão bíblica e incentivar momentos celebrativos importantes para a caminhada catequética.  

 

Ações que competem à coordenação regional 

  • Intensificar as reflexões sobre Catequese de Iniciação à Vida Cristã na busca de caminhos para uma Catequese de inspiração catecumenal.  
  • Oferecer alternativas de formação aos catequistas, respondendo às exigências de adaptação às novas situações que a sociedade apresenta.  
  • Promover uma caminhada conjunta do Regional e das Dioceses, na busca de soluções comuns.  
  • Manter as Equipes Diocesanas atualizadas quanto ao progresso dos estudos relacionados à Catequese.  
  • Readequação pedagógica da Escola Bíblico-Catequética “Emaús” e das Escolas Bíblico-Catequéticas Diocesanas.  
  • Realimentação do sistema de formação nos diferentes níveis da Catequese: paroquial, diocesano e regional (de inspiração catecumenal).  
  • Atualização para coordenações diocesanas e paroquiais de Catequese.  
  • Capacitação de Assessores das Escolas Bíblico-Catequéticas Diocesanas e Regional de Catequese.  
  • Capacitação de Assessores das Equipes Diocesanas e Paroquiais de Catequese.  
  • Capacitação de catequistas para o processo de Iniciação à Vida Cristã.  
  • Assessoria nos encontros, congressos, simpósios, seminários e Escolas Bíblico-Catequéticas.  
  • Publicação de materiais catequéticos.  
  • Revisão da coleção Crescer em Comunhão.  
  • Formação de catequistas sobre a metodologia da coleção Crescer em Comunhão.  

 

Proposta de trabalhos da Pastoral para 2023 

Na atualidade a dimensão bíblico-catequética, em sintonia com a assessoria nacional da CNBB, se empenha em orientar as dioceses no estudo, reflexão e organização dos itinerários formativos para a instituição do Ministério de Catequista. Desde 2021, com a proclamação do motu proprio Antiquum Ministerium, do Papa Francisco, por meio do qual ele instituiu o Ministério de Catequista, nossas atenções têm se voltado para esse importante tema e os questionamentos são os mais variados possíveis, sabemos da necessidade de acompanhar as dioceses em seu processo de estudo, conscientização e organização. Sendo assim o ano de 2023 será dedicado à conscientização e esclarecimento sobre os detalhes que envolvem a organização e concretização dos itinerários, bem como a instituição dos primeiros grupos de catequistas. Para isso propomos as seguintes ações:  

  • Encontros para coordenadores e assessores diocesanos
  • Seminários provinciais sobre o Ministério de Catequistas
  • Acompanhamento das dioceses que solicitarem ajuda ao regional para organização do seu processo
  • Apresentação e reflexão do tema do Ministério de Catequista com os padres da ação evangelizadora

 

Sobre o local de atuação da Pastoral em 2023 

O campo de atuação da dimensão bíblico-catequética é o Regional Sul 2 da CNBB, que compreende as 18 Dioceses do Estado do Paraná. O enderenço de referência é a sede do Regional em Curitiba e o trabalho itinerante, visto que desempenhamos a missão de acompanhar a formação dos catequistas, bem como das coordenações diocesanas, onde for preciso.  

 

Sobre os interlocutores da Pastoral  

Acreditamos que, cada vez mais, é preciso compreender nosso trabalho como ação direcionada a interlocutores, por isso não utilizamos o termo “público alvo”, tendo em vista que nossa missão é facilitar a reflexão e organização dos trabalhos nas dioceses e não apenas apresentar decisões e encaminhamentos elaborados por um grupo específico. Sendo assim destacamos que os primeiros interlocutores de nosso trabalho são as equipes diocesanas de coordenação, tendo em vista a necessidade de acompanhamento e formação das mesmas. No entanto, é possível ampliar a ação formativa e alcançar os catequistas de base por meio de encontros, seminários, retiros, lives e preparo de subsídios para auxiliar na formação permanente dos catequistas.  

 

Referências 

CATEQUESE Renovada: orientações e conteúdo. 19. ed. São Paulo: Paulinas, 1983. [Documentos da CNBB, n. 26].  

CNBB. Diretório nacional de catequese. Brasília: Edições CNBB, 2006.  

CNBB. Iniciação à vida cristã: itinerário para formar discípulos missionários. Brasília: Edições CNBB, 2017. [Documentos da CNBB, n. 107].  

CNBB. Diretrizes da ação evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023. Brasília: Edições CNBB, 2017. [Documentos da CNBB, n. 109].  

CELAM. Documento de Aparecida: Texto conclusivo da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe. São Paulo: Paulinas, 2007.  

PONTÍFICIO CONSELHO PARA A PROMOÇÃO DA NOVA EVANGELIZAÇAO. Diretório para a catequese. Brasília: Edições CNBB, 2020. [Documentos da CNBB, n. 84].  

 

 

 

Notícias da Pastoral

LITURGIA DIÁRIA