Nos dias 16, 17 e 18 de setembro, o Conselho Missionário Regional (COMIRE) da CNBB Sul 2 realizou sua assembleia anual no Centro San Juan Diego, em Guarapuava (PR). Participaram 40 pessoas, representando 13, das 18 arqui/dioceses do regional. Com a presença do coordenador, José Donizeti Duarte, de sete padres assessores da missão e das principais forças missionárias, Dom Sérgio Arthur Braschi, bispo de Ponta Grossa e referencial para a missão no Paraná, procedeu a abertura oficial do evento às 20h30 de sexta-feira. Na manhã seguinte, os trabalhos iniciaram com uma celebração litúrgica, presidida por Dom Sérgio.  

O secretário executivo do regional, padre Valdecir Badzinski, prestigiou o evento, viajando de Curitiba à Guarapuava, para acolher a todos os membros do COMIRE, dando-lhes as boas-vindas e apresentando o missionário Wesley de Matos Fonseca, que está se preparando para partir para a Missão Católica São Paulo VI, em Guiné-Bissau, no próximo mês de setembro.  

Ainda pela manhã, o assessor da assembleia, padre Marcondes Martins Barbosa, explanou sobre os fundamentos da missão. Na parte da tarde, padre Marcondes apresentou o Programa Missionário Nacional (PMN), desde a sua preparação e elaboração, conduzindo uma reflexão mais profunda nas quatro prioridades: animação missionária, formação, missão ad gentes e compromisso social e profético. O conteúdo das palestras motivou intensamente os presentes, suscitando a participação e testemunhos de muitos missionários, de modo especial, daqueles que já fizeram a experiência de viver por algum tempo em Quebo: Maria Seli da Cruz Santos, da diocese de Palmas-Francisco Beltrão, padre Ivan Luiz Walter, da diocese de Foz do Iguaçu, e Elzira Inês Riva, da diocese de são José dos Pinhais. 

Ao final da tarde, dom Amilton Manoel da Silva, bispo da diocese de Guarapuava, se fez presente, ressaltando que a missão se dá mais através do testemunho do que através de tarefas. “É necessário anunciar Jesus através das palavras, dos gestos. Testemunhar sem medo e com muita coragem”, disse o bispo. Finalizou incentivando todos a continuarem nesse caminho da missão, a fim de despertar em todos a importância da evangelização: “Para isso, precisamos renovar sempre nossa intimidade com Deus”. 

Na parte da noite, após um animado jantar, foram formados cinco grupos com pessoas de diferentes dioceses, para uma reflexão: “a partir da realidade das comunidades locais, iluminadas pela Palavra de Deus e pelo PMN: o que é preciso e o que é possível, na perspectiva das quatro prioridades, ser feito na sua paróquia”. Após caloroso debate, os grupos apresentaram em plenária os resultados desse trabalho. 

O domingo, dia 18, iniciou com uma celebração eucarística, presidida por Dom Sérgio, acompanhado de cinco padres. Na sequência, foram decididas as datas dos eventos do COMIRE para o ano de 2023 e reuniram-se em grupos, agora por província, para fazerem os planejamentos para o ano, também contemplando as prioridades do PMN. Após intervalo, foi elaborada uma Carta Proposta para ser enviada aos bispos do regional e, como Dom Sérgio tinha um compromisso à tarde, ele deu a bênção e se despediu de todos, que, muito comovidos, desejaram-lhe um bom retorno e agradeceram, imensamente, a presença. 

Padre Marcondes apresentou a conclusão de sua palestra, estimando que todas as dioceses possam realizar os compromissos assumidos e os planejamentos que foram gerados nesse evento. Enfatizou que jamais se pode esquecer que o Espírito Santo é o verdadeiro protagonista da missão. É ele que nos envia, no seguimento a Jesus Cristo, desde o amor fontal e universal do Pai, a partir das comunidades locais até os extremos confins da terra, ou seja, até a missão ad gentes.  

Para finalizar, o coordenador José Donizeti Duarte agradeceu a presença e disponibilidade do padre Marcondes, demonstrou sua alegria com a presença de todos, em especial, dos sete padres Assessores, do bispo referencial para a missão e agradeceu o acolhimento da diocese de Guarapuava. Por fim, às 12h, os padres presentes procederam o envio e a bênção a todos, desejando um feliz retorno as suas bases. Após o almoço de confraternização, todos se despediram e retornaram as suas dioceses.  

(Texto: Aracy Martignoni – Coordenadora do Conselho Missionário Provincial (COMIPRO) de Cascavel e tesoureira do COMIRE

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts