EparquiaOs fiéis ucranianos do rito Greco-católico presentes no Brasil receberam do Papa Francisco uma nova Eparquia, instalada em 13 de julho, na cidade de Prudentópolis (PR), onde há uma grande presença de ucranianos.

Junto da instalação da nova Eparquia, dedicada a Nossa Senhora Imaculada Conceição, ocorrida durante a celebração da Divina Liturgia presidida por Dom Sviatoslav Shevchuk, Arcebispo-Mór da Igreja Greco-católica Ucraniana, Dom Meron Mazur, primeiro eparca, foi entronizado. 

Uma multidão de pessoas acompanhou com alegria a celebração, que contou com um grande número de religiosas, de sacerdotes e bispos do Paraná. A nova catedral se tornou pequena para acolher a todos e, devido a isso, a maioria dos fiéis participou do rito por meio de três telões espalhados fora da igreja.

Dom Meron, já como primeiro bispo da nova Eparquia, no final da celebração, dirigiu palavras calorosas a todos os presentes convidando-os a formarem, junto com ele, uma Igreja missionária, em saída, como pede o Papa Francisco. As suas palavras encontraram grande acolhida por parte de todos, que manifestaram a sua adesão com um longo e entusiasmado aplauso.

Dom João Bosco Barbosa de Sousa, presidente da Conferência Nacional dos Bispos – Regional Sul 2, expressou publicamente sua alegria pela grande contribuição que os fiéis ucranianos aportam para a Igreja do Estado. “A Igreja Ucraniana, através de seus pastores, religiosas e catequistas, realiza uma intensa evangelização dos fiéis”. Agora, com a nova Eparquia, ressaltou dom João Bosco, o Paraná conta com 20 dioceses: 18 do rito latino e duas ucranianas.

Os ucranianos que chegaram ao Brasil no final do século XIX instalaram-se na região sul e o rito greco-católico assiste a cerca de 150.000 pessoas.

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts