foto oficialA coordenação do COMIPRO (Conselho Missionário da Província) de Cascavel  realizou nos dias  14 a 16 de fevereiro de 2014, no Instituto Joao Paulo II em Toledo, o encontro de estudos sobre a 1ª urgência das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015: “Uma Igreja em estado permanente de missão”, abrangendo as dioceses de Cascavel, Toledo, Palmas/Francisco Beltrão e Foz do Iguaçu.

O encontro que teve como tema central: “Uma Igreja em estado permanente de missão”, contou com a  presença de aproximadamente 70 pessoas das diversas lideranças das dioceses que compõem a Província de Cascavel, sendo eles, padres, coordenadores de pastorais, movimentos eclesiais  e organismos missionários.

Com um vocabulário simples e de fácil entendimento, o assessor, Pe. Sidnei Marco Dornelas, CS – missionário de São Carlos (Scalabrinianos) Assessor da Comissão Episcopal para a Missão Continental e membro da equipe de apoio do Setor Pastoral da Mobilidade Humana, na CNBB, ressaltou que os coordenadores de pastorais e movimentos eclesiais são as  pessoas chaves na missão da Igreja local. Colocou que a diocese deve agir com unidade na missão permanente, com a capacidade de articular no Plano Diocesano da Ação Evangelizadora, pois é nela que se realiza e se orienta toda a ação missionária.

No encontro foram apresentados os seguintes assuntos:  Projeto Nacional de Evangelização 2008-2011; Missão Continental; Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015; Uma Igreja em Estado Permanente de Missão; Estudo do Discurso do Papa aos dirigentes do CELAM; Propostas para Paróquias Missionárias; Estudo e análise do Documento 104 – Comunidades de Comunidades.

Num clima de harmonia, partilha,  estudo, oração e troca de experiências, os participantes puderam sentir a presença do Espírito Santo, tanto nos trabalhos em grupo como em plenário.  Foi uma oportunidade de reflexão e análise de critérios operativos para animação e articulação de uma pastoral missionária.

 O Documento de Aparecida afirma que “nenhuma comunidade deve isentar-se de entrar decididamente, com todas as forças, nos processos constantes de renovação missionária e de abandonar as ultrapassadas estruturas que já não favoreçam a transmissão da fé”(DAp 365).

Nesse espírito, convidamos a todos evangelizadores a entrarem nessa nova dinâmica de conversão das estruturas da Igreja Local.  Que Santa Terezinha do Menino Jesus e São Francisco Xavier e Nossa Senhora Aparecida intercedam e abençoem a continuidade dos trabalhos em nossas comunidades.

 Elisangela A. Trindade                                                                      Pe. Neimar Aloisio Troes

Secretária adoc                                                                                Coordenador do COMIPRO de Cascavel                   

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts