Depois de três dias reunidos no Centro de Espiritualidade Passionista (CEPA), bispos de todas as dioceses do Paraná encerram nesta terça-feira (18), em Ponta Grossa, a primeira Assembleia Ordinária do Regional Sul 2, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em 2014.

O episcopado conduziu um encontro de reflexão e fé em prol do fortalecimento da igreja católica no Paraná e no Brasil. As indicações registradas na assembleia estadual serão debatidas em evento nacional a ser realizado ainda este ano, com membros de todas as divisões da CNBB. Como fora apontado no início da reunião em Ponta Grossa, os líderes religiosos se debruçaram na discussão em torno da renovação paroquial.

Para o bispo de Umuarama, Dom João Mamede, os trabalhos foram realizados de forma satisfatória e bastante proveitosa. “O ritmo foi muito bom. Muitos assuntos tratados em pouco tempo, mas de maneira razoável, de maneira boa. Cada vez mais, vai se criando consenso de que temos que investir forte na comunidade de comunidades, a nova paróquia”.

Já para o arcebispo de Curitiba, Dom Moacyr José Vitti, a igreja se depara agora com novos desafios para o encontro de fiéis e transmissão da fé. “Nós estamos muito preocupados com os edifícios enormes e os grandes condomínios. Então, nessa renovação paroquial, nós queremos penetrar nesses ambientes e fazer com que se formem pequenas comunidades e pequenos grupos dentro desses condomínios para que ali se possa fermentar a presença da igreja, a presença do reino de Deus”.

A congregação do episcopado em Ponta Grossa começou no último domingo (16). Durante a Assembleia Ordinária, os bispos do Paraná também apontaram diretrizes para o encontro, em agosto, com o Cardeal Dom João Braz de Aviz, prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica. Na oportunidade, os líderes da igreja católica no Brasil vão conversar sobre a preparação para o Ano dos Religiosos a ser celebrado em 2015.

Por:Emmanuel Fornazari

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts