caminhando_com_maria1Neste fim de semana aconteceu a abertura da Semana da Família na Diocese de Umuarama. O evento reuniu centenas de fiéis na praça Santos Dumont para rezar o terço das rosas e, na sequência, acompanhar o show do missionário Antonio Cardoso.

A Semana Nacional da Família prevê atividades em todas as paróquias da Diocese e a proposta é enfatizar o papel das famílias cristãs na sociedade. Para o diácono Adriano Lopes, coordenador diocesano da Pastoral Familiar, o resgate dos valores das famílias também é abordado durante esta semana.

“Nós somos convidados a refletir sobre os valores das famílias, o valor da convivência familiar e o valor do sacramento do matrimônio na vida das pessoas. É uma maneira de refletir melhor sobre como andam as nossas famílias, o que nós podemos fazer para ajudar aquelas famílias feridas”, explica o diácono.

Antes do início do show do missionário Antonio Cardoso, houve a reza do terço Caminhando com Maria, que excepcionalmente ocorreu no sábado. “O terço foi uma inspiração de Deus em oração há seis anos. Começamos com seis pessoas e levamos Nossa Senhora para visitar as famílias, mas com trinta dias que nós estávamos rezando o terço foi dando multidão de pessoas para rezar conosco e então nós fomos para as ruas e hoje reunimos mais de mil e quinhentas pessoas nas ruas. E este convite para a Semana da Família foi uma bênção de Deus. Graças a Deus estamos aí para incentivar as famílias a rezar o terço que é uma bênção na vida de cada família”, disse Cícera, idealizadora do terço caminhando com Maria, da Paróquia São José Operário.

A prática de oração em família é primordial para a construção dos católicos. “[Hoje estamos] reavivando nas pessoas essa prática tão bonita que é a reza do terço, que está meio que deixada de lado, esquecida pelas nossas famílias. Então nossa a ideia é justamente isso, reavivar isso para que nossas casas possam se tornar verdadeiras Igrejas domésticas”, salienta o diácono.

Na sequência, Antonio Cardoso fez o show em praça pública e chamou os católicos a assumirem seus deveres de cristãos.  “A Semana da Família tem como princípio animar o povo de Deus a levar para o mundo aquilo que é em casa. É um resgate de valores. Eu fico, às vezes, até muito triste quando eu vejo muita gente reclamando de violência no mundo e colocando a culpa na Secretaria de Educação ou de Segurança, como se fosse uma raposinha fugitiva de uma toca que fala assim: agora vou azucrinar a vida de todo mundo em Umuarama. Na verdade é um momento que a gente deve ter consciência dos valores positivos e levar para o mundo, então no Ano Santo da Misericórdia principalmente, a proposta é sermos misericordiosos com quem não compreendeu a caminhada de fé. A gente só consegue impregnar o Cristo no outro se também estivermos impregnados por Ele”, falou o missionário.

Assessoria de Imprensa – Diocese de Umuarama

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts