Na noite do dia 16 de outubro, a Paróquia Bom Jesus, na cidade de Guarapuava (PR), recebeu o secretário executivo da CNBB Sul 2, padre Valdecir Badzinski, para uma visita de animação missionária.  

A visita faz parte do projeto do Conselho Missionário Regional (COMIRE), que prevê visita a paróquias de diferentes dioceses do Paraná com o objetivo promover a Missão São Paulo VI, na Guiné-Bissau, África, despertando a consciência missionária no povo paranaense e a corresponsabilidade pela manutenção da Missão em três âmbitos: da oração pela Missão, do envio de missionários e do sustento da Missão.    

Padre Valdecir presidiu a missa, que foi concelebrada pelo pároco, Frei Ernani Thiago Alves. Além de expressiva participação da comunidade local, estiverem presentes membros do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI) e do Conselho Missionário Paroquial (COMIPA). Durante a missa, padre Valdecir realizou o envio missionário de lideranças que, até o final do mês, vão realizar visitas às famílias da comunidade. Cada um deles recebeu a cruz Franciscana e a vela missionária. 

Na homilia, fazendo referência ao Evangelho do dia, padre Valdecir falou sobre a Missão São Paulo VI, que é mantida pela Igreja do Paraná no país da Guiné-Bissau, na África, desde o ano de 2014. Contou como ela nasceu, como tem se desenvolvido até aqui e como é a realidade do povo e a vida dos missionários que pra lá são enviados. Ele recordou à comunidade que todos os católicos do Paraná são corresponsáveis por essa Missão.  

“Essa missão é da Igreja do Paraná. Portanto, todos nós, batizados, fazemos parte dela, ou seja, somos corresponsáveis por sua manutenção e vitalidade. Alguns, indo até lá e dedicando um tempo de suas vidas; e todos os demais, colaborando de duas formas: com os joelhos dobrados e com a mão no bolso, ou seja, rezando e contribuindo com a missão”, disse padre Valdecir.  

Para o frei Ernani, a visita foi um momento para recordar o envio missionário de Jesus. “Padre Valdecir nos animou muito ao contar sobre o grande desafio da nossa missão na África. Sentimos alegria de nossa paróquia ser enviada para ir ao encontro dos irmãos e irmãs aqui próximos, assim como daqueles que estão lá na Missão São Paulo VI”, disse frei Ernani.  

Para o coordenador do Conselho Paroquial de Pastoral, Marcelo Antônio da Silva, o momento foi um despertar para a missão. “O que representou para nós essa celebração foi um despertar. Nós que já somos uma paróquia missionária, não tínhamos noção do que é uma missão na África. Isso nos motivou a realizar formas diferentes de estar em missão, ou seja, com os joelhos dobrados e com o nosso apoio. Assim, levar Cristo para quem não conhece e está distante. Essa visita foi um marco em nossa paróquia e tenho certeza de que, a partir de agora, veremos a missão com outros olhos”, disse ele.  

A coordenadora do COMIDI, Jussara Viviurka, avaliou positivamente a visita, tanto para a paróquia, quanto para a diocese. “Com todo esse ardor missionário que foi colocado em nossos corações, não tem como ficar parados. Agora é hora de colocarmos os pés a caminho, com o coração ardente e ser uma Igreja em saída. Anunciar Jesus como nosso Senhor e Salvador, desde a Igreja local até os confins do mundo”, disse ela.  

Ao longo desse mês missionário, a paróquia teve várias atividades missionárias em nível local e se comprometeu de, ao longo do próximo ano, rezar pela Missão São Paulo VI. 

Karina de Carvalho – Assessora de Comunicação da CNBB Sul 2

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts