Pastoral CarceráriaNos dias 11 a 13 de setembro, a Pastoral Carcerária do Paraná reuni-se em assembleia em Maringá, com a participação das Arqui/Dioceses de Maringá, Londrina, Cascavel, Curitiba, Umuarama, Campo Mourão, Paranavaí, Toledo, Foz do Iguaçu, Palmas e Francisco Beltrão e São José dos Pinhais, num total de 45 participantes.

A assembleia tratou sobre o Desencarceramento em Massa, Tortura, Conselho de Comunidade e Justiça Restaurativa, que contou com a assessoria do Pe. Gianfranco, Vice Coordenador da Pastoral Carcerária Nacional, Paulo Malvezzio, Assessor Jurídico e o Marco Antônio, Assistente Social do Ministério Público do Paraná. Também participaram dessa Assembleia, Dom José Mário, bispo auxiliar de Curitiba e bispo referencial da Pastoral Carcerária junto a CNBB Regional Sul 2 e Dom Anuar Battisti, arcebispo de Maringá.

Com um clima muito acolhedor pelo cuidado nos mínimos detalhes da programação e da infra estrutura desde a alimentação à acomodação, Pe. Antônio Carlos, Coordenador Regional da Pastoral Carcerária no Paraná, juntamente com toda sua equipe, conduziu os debates e trabalhos.

Como resultado o Paraná constituiu uma equipe colegiada com representante de cada diocese que devem se reunir a cada dois meses para avaliar e conduzir os trabalhos da Pastoral Carcerária no Paraná, e também construiu uma agenda única para o Estado.

Durante toda essa semana, Pe. Antônio Carlos e o Pe. Gianfranco visitarão as penitenciárias e cadeias de várias Arqui/Dioceses e algumas autoridades do Estado a fim de buscar o fortalecimento do trabalho pastoral no Paraná.

“Lembrem-se dos que estão na prisão, como se aprisionados com eles; dos que estão sendo maltratados, como se fossem vocês mesmos que a estivessem sofrendo no corpo. “ Hebreus 13;3

Por: Cristina Coelho

Secretária da Pastoral Carcerária do Paraná

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts