Com o tema “Liberdade Comunicativa e Formação da Opinião Pública: aspectos ético-políticos”, o professor doutor Carlos Willians Jaques Morais, será um dos palestrantes do 1º Muticom do Regional Sul 2, que acontecerá em Guarapuava nos dias 23, 24 e 25 de outubro deste ano. O objetivo é levantar a discussão sobre a importância do interesse público como uma prioridade na comunicação da igreja. Entre as questões abordadas estarão a postura dos meios e de produções na área do jornalismo e do entretenimento.

Carlos Willians Jaques Morais, professor doutor no Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (Mestrado) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), afirmou que o objetivo é questionar a liberdade comunicativa dentro da Igreja como um todo. “A pergunta fundamental na defesa de uma liberdade comunicativa é o que devo comunicar? Esse dever de falar é preciso ser avaliado, se o conteúdo do meu discurso se orienta a atender os interesses privados políticos e comerciais, ou até mesmo da igreja, ou então estamos atendendo um dever público”, afirmou o professor.

Graduado em Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (2003) e formação em Filosofia pelo Instituto de Filosofia e Teologia MaterEcclesiae (1999). É Mestre em Educação (Filosofia da Educação) pela Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista (UNESP) – Campus de Marília-SP. É Doutor em Educação (Filosofia da Educação) pela Faculdade de Educação, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente é professor efetivo da Universidade Estadual de Ponta Grossa, no Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (Mestrado), atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia, comunicação, formação, conhecimento, ética, Kant e Habermas. Também atuou na formação de presbíteros nas dioceses de Ponta Grossa e de União da Vitória.

[highlight]Ouça a reportagem (clique aqui)[/highlight]  de Luan Chagas.

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts