Quase 200 de pessoas participaram do 1º Encontro Estadual da Pastoral do Empreendedor realizado no dia 4 de março, em Londrina

O 1º Encontro Estadual da Pastoral do Empreendedor, realizado em Londrina, reuniu empreendedores católicos e sacerdotes para um dia de formação, testemunho, oração e networking. Foi a primeira vez que um evento estadual reuniu os dois fundadores da Pastoral do Empreendedor, padre Joaõzinho e frei Rogério Soares.

O encontro iniciou com a Santa Missa celebrada pelo bispo de Apucarana, dom Carlos José de Oliveira, e concelebradas por padres de Londrina, Arapongas e Maringá. Dom Carlos fez uma homilia inspiradora, exaltando que não se deve ter medo de empreender. “Precisamos buscar a conversão. Este é o primeiro empreendimento de nossas vidas, estar próximo de Jesus. A Pastoral do Empreendedor quer ser aquela voz que chega e diz: Você é abençoado. Não tenhas medo de empreender”, disse o bispo.

Com o tema “Lançarei bênçãos abundantes sobre os seus trabalhos e empreendimentos”, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer a caminhada da Pastoral do Empreendedor ao longo dos anos e os frutos que está dando. Frei Rogério mostrou as iniciativas empreendedoras que realiza como, por exemplo, as “Petas do Frei”, um empreendimento social em Brasília.  As Petas do Frei são biscoitos de polvilho direcionadas para que pessoas de baixa renda possam revendê-las. Elas também recebem aulas de empreendedorismo e finanças pessoais.

O painel moderado pelo empreendedor católico na área da comunicação, proprietário da empresa Vencer Comunicação, Everton Barbosa, trouxe os testemunhos de como a vida de fé impactou os negócios dos empreendedores. Participaram do painel a presidente da ACIM Mulher e superintendente do Maringá Park Shopping, Claudia Michiura; do CEO do Empório Empório Guimarães e Mercado Guanabara, Alexandre Guimarães; e do empreendedor de Arapongas, chef Alisson Lopes.

O Encontro reservou um forte momento de oração conduzido pela radialista e evangelizadora Adma Augusta da Silva e uma animada palestra com o padre Ademar Lorrenzetti, assessor eclesial da Pastoral do Empreendedor na Arquidiocese de Londrina, falou sobre “O jeito cristão de empreender. E encerrou com a palestra do padre Joãozinho que abordou a doutrina social da Igreja.

Durante os intervalos, os participantes puderam fazer networking. Para a microempresária da área da beleza Aparecida Trombini, de Arapongas, o encontrou mostrou o caminho para aliar a vida empresarial com a sua vida na Igreja. “Às vezes a gente tem medo de falar para as pessoas [sobre Jesus Cristo] porque elas podem ser de outras religiões. Mas se você se prepara e vive a espiritualidade, você passa isso para os outros. A tua fala vem do coração”, comentou Aparecida.

“Maravilhoso”, assim o empresário Bruno Vinícius da Silva descreveu o 1º Encontro Estadual da Pastoral do Empreendedor. “Era a espiritualidade que buscava há algum tempo. Não tinha a visão de como levar a caminhada de Igreja para a empresa”, afirmou o da área de comércio e manutenção de ar-condicionado.

Solange Nakatani, de Arapongas, esteve no encontro em busca de conhecimento para dividir com a família. “A minha família que é empreendedora. Ela trabalha com artesanato e confeitaria e vou levar o que aprendi aqui para eles. Foi muito bom. Uniu a espiritualidade com o trabalho”, disse.

O padre Ademar Lorrenzetti ressaltou a importância do evento. “A pastoral não é tão conhecida como deveria, mas ter um evento deste tamanho mostra a importância da pastoral e a sede dos empreendedores por uma resposta cristã.”

Para o frei Rogério, o encontro de Londrina deve inspirar outras iniciativas. “A meu ver é um farol para o Brasil. É uma experiência local com grande potencial de inspirar o Brasil todo. Depois deste encontro estou crendo que muitos Estados vão ter experiências parecidas. Quem veio participar saiu com uma visão muito positiva da Igreja, que abre as portas para o empreendedor e diz: Aqui você tem lugar, é visto, pode buscar o seu propósito aliado com ao amor a Cristo, à Igreja e fazer de seu empreendimento sua maior missão. Estamos vivendo um momento único”, disse o frei.

“A experiência feita aqui em Londrina é um marco histórico, porque nunca foi reunido, fora do encontro nacional, padre Joãozinho e Frei Rogério, os dois fundadores da Pastoral, E nunca tivemos a abertura com um bispo, dom Carlos de Apucarana, que fez uma homilia animadora dando um impulso em nossos corações, de modo, que considero este primeiro encontro histórico e será marco decisivo para uma grande mudança positiva de ampliação da Pastoral do Empreendedor”, afirmou Caco Braile, membro da coordenação nacional da Pastoral do Empreendedor e vice-coordenador da Pastoral do Empreendedor de Londrina.

Padre Joãozinho comentou que nem parecia que este era o primeiro encontro estadual, “porque já vem com uma maturidade muito grande, uma representação do Estado inteiro. Tanto do ponto quantitativo quanto qualitativo, o encontro se mostrou bastante eficaz. Além disso, o conteúdo e cada uma das palestras foram muito bem articulados”, destacou padre Joãozinho.

Ele enfatizou que o papel da pastoral é de pastorear os empreendedores e que é preciso usar a criatividade para cuidar do rebanho com a realização de missas pelos empreendedores, benção nas empresas, oração pelos empreendedores, retiros, articulação para formação Movimentos de Casais Empreendedores. “Soube de um grupo que começou a trabalhar com crianças empreendedoras. A pastoral precisa ser criativa”, disse padre Joãozinho.

No Paraná, a Pastoral do Empreendedor está presente nas Arquidioceses de Curitiba, Londrina e Maringá e na diocese de Apucarana e está em articulação para a implantação na Arquidiocese de Cascavel e nas dioceses de Guarapuava, Foz do Iguaçu e Cornélio Procópio.

(Assessoria de imprensa: Aline Machado Parodi)

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts