DSC_0817Sob as bênçãos da Mãe Aparecida, aconteceu no último final de semana (26 e 27/07), no Centro Arquidiocesano de Formação (CAF) a formação para as lideranças que compõe a Pastoral Juvenil da Arquidiocese de Cascavel. Assessorando os trabalhos esteve Alberto Chamorro, membro da Comissão Nacional de Assessores da Pastoral da Juventude. O assessor destacou que a juventude precisa conhecer as ferramentas necessárias para a sua evangelização: “O Documento 85 da CNBB foi elaborado por muitas mãos e aprovado pelos bispos com muito amor à juventude. Não podemos deixá-lo de lado quando queremos a juventude como protagonista do processo de evangelização. Devemos ter cuidado, são diversas linhas de ação que nos orientam e não podemos nos tornar “refém” de apenas algumas. É preciso estudar, rezar e colocar em prática a partir da Palavra de Deus.”

Com música, teatro, espiritualidade e muita partilha foram trabalhados de forma sintética o Documento 85 da CNBB, da Evangelização da Juventude e o Caderno de estudos 103, com destaque especial ao documento do CELAM      Conferência Episcopal Latino Americana) Construindo a Civilização do Amor Projeto e Missão.

As atividades foram coroadas com a Celebração Eucarística presidida pelo arcebispo metropolitano de Cascavel, Dom Mauro Aparecido dos Santos que destacou em sua homilia o protagonismo juvenil. “Na diversidade a gente encontra unidade, a gente cresce ouvindo o que o outro tem a dizer. Vocês jovens são protagonistas da história, devem “dar a cara a tapa” na transformação da sociedade”.

Ao término do encontro, os jovens e assessores das mais diversas expressões juvenis e congregações receberam a Cartilha de Orientação Política da CNBB, “A Igreja e as Eleições 2014”.

Por Gutto Wendler – PASCOM

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts