Ecônomos, advogados, contadores e colaboradores do departamento financeiro e de recursos humanos das dioceses do Paraná reuniram-se em Umuarama (PR), nos dias 27 a 29 de março, para um encontro de estudo, aprofundamento e partilha. Coordenado pelo secretário executivo da CNBB, padre Valdecir Badzinski, pelo bispo de Campo Mourão (PR) e membro do Conselho Fiscal, dom Bruno Elizeu Versari, e pelo setor financeiro da CNBB Sul 2, o encontro reuniu 66 pessoas e contou com a presença do presidente do Regional Sul 2 da CNBB, dom Geremias Steinmetz. 

Foto: Gabriel Rocha – Diocese de Umuarama (PR)

O encontro teve início na tarde de segunda-feira, 27 de março, com a apresentação dos participantes de cada diocese. Cada um foi convidado a apresentar uma iniciativa de destaque no campo da gestão eclesial e partilhar seus desafios.  

Os temas previstos em pauta trataram de questões pertinentes à administração financeira, à gestão de pessoas e às questões jurídicas. “A pauta foi extensa, mas nesse encontro um dos principais e mais importantes assuntos foi o amparo da instituição e dos funcionários, por meio de sindicatos. Buscamos esclarecer, pontuar e direcionar para proteger, tanto os funcionários das dioceses do Paraná, quanto as instituições”, disse padre Valdecir.  

Outros assuntos importantes abordados foram: a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), questões do departamento pessoal, da celeridade, transparência e segurança nos processos administrativos, a gestão patrimonial e a relação financeira entre o Regional Sul 2 da CNBB e as dioceses. Padre Valdecir frisou que o encontro é para tratar de tudo aquilo que favorece a evangelização. No vídeo abaixo, padre Valdecir fala sobre a importância do encontro e os principais pontos em pauta.  

A noite do primeiro dia de encontro, o grupo participou da missa na Catedral Divino Espírito Santo, em Umuarama. A celebração foi presidida por dom Bruno e concelebrada pelos demais sacerdotes presentes.  

“Os participantes são colaboradores do bispo na parte administrativa. A importância desse encontro é partilhar experiências e aprofundar conhecimento sobre questões administrativas relacionadas à diocese e às paróquias. É uma parte pouco visível, mas necessária para a organização da Igreja”, afirmou dom Bruno.  

No vídeo, dom Bruno fala comenta sobre a importância do encontro:  

Na terça-feira, 29 de março, o grupo iniciou as atividades do dia com a oração das laudes. Ao longo de todo o dia trabalharam nos vários assuntos em pauta. Antes do jantar, participaram da celebração da Eucaristia, que foi presidida por dom Geremias. Após o jantar, dom Geremias tiveram um momento de encontro e partilha com o grupo. 

Segundo Roseli Meretka, do departamento financeiro da diocese de Umuarama (PR), o encontro foi um momento de troca de experiências e aprendizado. “Aqui podemos certificar nossas ações no dia a dia do nosso trabalho, a fim de que o nosso trabalho, junto à administração da diocese, seja sempre mais frutuoso”, disse ela.

A coordenadora do departamento pessoal na arquidiocese de Curitiba (PR), Geizla Christiane Barbosa, falou dos desafios de seu trabalho. “Minha função é auxiliar o ecônomo em toda parte trabalhista e burocrática, junto à responsabilidade de cuidar das pessoas. O maior desafio é alcançar os nossos colaboradores de uma forma carinhosa, mostrando a extensão do seu serviço que é a evangelização”, disse ela.  

O advogado e assessor jurídico da diocese de Apucarana (PR), Celso Hannun Godoi, disse que o desafio de seu departamento é conciliar a esfera jurídica, administrativa e as leis com a finalidade da Igreja, que é evangelizar. “Evangelizar com responsabilidade, com uma administração que segue as leis e o direito. E temos um desafio que é harmonizar a legislação civil e a legislação canônica, pois temos dois ordenamentos jurídicos para obedecer. Sempre pensando em não burocratizar e engessar uma diocese, mas fazer que ela caminhe de um jeito legal, que não crie ilegalidades, multas, penalizações e responsabilidades”, disse o advogado. 

Confira o vídeo com a entrevista dos participantes:   

Na quarta-feira, 29 de março, a primeira atividade do dia foi a missa, presidida pelo bispo diocesano de Umuarama (PR), dom João Mamede Filho. Em seguida, o grupo deu continuidade aos assuntos previstos em pauta para encerrar o encontro com o almoço.  

Numa diocese, o ecônomo possui um papel de extrema importância e necessidade, pois é ele que auxilia o bispo no âmbito administrativo e financeiro. “O ecônomo é uma figura que está prevista no Código de Direito Canônico. Ele é um procurador do bispo. É a pessoa a quem o bispo confia o cuidado da parte administrativa da diocese. A função abrange a cúria diocesana e o acompanhamento de todas as paróquias”, explicou o padre Rafael Rabelo, ecônomo da diocese de Apucarana (PR).  

Confira o vídeo no qual padre Rafael explica a função do ecônomo numa diocese: 

Diferente de outros anos, a participação nesse encontro foi ampliada com a possibilidade de participação de até 4 pessoas por diocese, sendo convidados também colaboradores do departamento pessoal e jurídico.  

Padre Valdecir explicou que, com esse encontro, o Regional Sul 2 da CNBB busca apontar direções referentes a questões administrativas, dado que cada diocese possui autonomia na sua gestão. “É um encontro de fraternidade, de direcionamento, de avaliação para que as dioceses possam, naquilo que é possível, caminhar em comunhão, ajudarem-se, partilhar das alegrias e tristezas. Por isso, não temos nenhuma determinação, apenas apontamos diretrizes”, disse o sacerdote.   

A diocese de Umuarama (PR) foi escolhida para sediar o encontro como uma forma de homenagem, pois está em seu ano jubilar. Criada em 26 de maio de 1973 pelo Papa Paulo VI, a diocese foi instalada em 16 de setembro de 1973, por dom Geraldo Fernandes, então arcebispo de Londrina (PR). Seu primeiro bispo foi dom José Maria Maimone, hoje emérito, e participante ativo das festividades do jubilares. O segundo bispo foi dom Vicente Costa (2002-2009) e o terceiro e atual bispo é dom João Mamede Filho (desde 2011). A diocese tem 48 paróquias, mas até a celebração do jubileu serão 50.  

Karina de Carvalho – Assessora de Comunicação da CNBB Sul 2
Colaboração: Assessoria de Comunicação da Diocese de Umuarama

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts