Após um legado de aprendizado e de discussões sobre as principais tendências da Comunicação no Estado durante o 1° Muticom Paranaense, Curitiba começa a se preparar para sediar a próxima edição prevista para 2017. O evento que marcou a história da área na Igreja no Paraná, uniu a espiritualidade necessária para a os agentes pastorais e comunicadores, além da busca pela qualificação com oficinas, debates, reflexões e partilha de experiências de diversos pontos da Regional Sul 2. O trabalho continua agora com a aplicação na prática das ações desenvolvidas durante o evento, além de preparar já a próxima edição do encontro.

Ouça a matéria com entrevistas (clique aqui)

Para o coordenador da Pastoral da Comunicação (Pascom), do Regional Sul 2, Jorge Teles, o 1° Muticom fez justiça ao nome, um mutirão que envolveu pessoas com sucesso em todas as ações. “A avaliação é muito positiva desse evento, nós fazíamos uma retrospectiva e esse era um sonho de 10 anos atrás, mas tudo dependia de articular a Pastoral em todo o Estado e graças a Deus temos conseguido. Neste fim de semana, tivemos representantes de 15 dioceses do Paraná e o mutirão é isso, um esforço de muitas mãos pelo bem comum, o evento essas características e o sucesso deve-se a essas pessoas”, argumentou Teles.

Antonio Kayser, coordenador da Pascom da Arquidiocese Curitiba, afirmou que a preparação para o próximo evento começa já com os exemplos deixados por Guarapuava na primeira edição. “A expectativa para 2017 é que será um grande desafio principalmente para a equipe da Pascom da Arquidiocese de Curitiba, mas contamos muito com a parceria da equipe que organizou em Guarapuava e a coordenação do Regional Sul 2 para que transmitam as ações e tenhamos o mesmo êxito que teve Guarapuava, o próximo deverá ter uma continuidade ainda com mais participantes, mais conteúdos, mas seguindo essa mesma linha trilhada pelo primeiro”, afirmou o coordenador.

O evento foi aberto com a palestra de Juliano Kimura, considerado o melhor profissional de redes sociais 2015 – Prêmio ABComm de Inovação Digital – sobre as oportunidades e desafios das redes sociais. Durante o Sábado, foram realizadas oficinas de trabalho, fotografia, comunicação da palavra, redação criativa, técnicas teatrais, produção de vídeos, produção de rádio, assessoria de imprensa, texto jornalístico multimídia e redes sociais, sites e blogs.

A noite também foi marcada pela partilha de experiências com a apresentação de trabalhos desenvolvidos pela Pascom em algumas paróquias e dioceses, e outros grupos atuantes na Igreja. No domingo (25), uma mesa redonda promoveu reflexões sobre ética, educação e formação, opinião pública e a comunicação da Igreja, com os professores Carlos Willians Jaques Morais e Níncia Cecília Borges Teixeira, além do jornalista Everton Barbosa.

Clique aqui e veja algumas imagens do Muticom

39917

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts