Nos dias 11 e 12 de março, aconteceu a Jornada Formativa de Educadores, no Recanto Marista Champagnat, em Florianópolis (SC). Participaram 60 agentes de pastoral, além de padres, diáconos, religiosas, palestrantes e formadores. Do Paraná, participaram 14 agentes, representando 8 arqui/dioceses. 

A organização e coordenação do evento esteve sobre a responsabilidade assessor da Pastoral da Educação – setor Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padre Júlio Resende Evangelista Resende.  Segundo ele, a Jornada é um convite para reanimar os educadores, os pensadores e toda a sociedade na nobre e desafiante missão educativa. 

Padre Júlio e Rosiana

“As Jornadas de Formação de Educadores se somam a tantos outros esforços empreendidos que buscam colocar no centro o ser humano, investindo as melhores energias e formando pessoas disponíveis para se colocarem a serviço da grande comunidade humana”, destacou o padre. 

Sobre o encontro, a coordenadora regional da Pastoral da Educação, professora Rosiana de Moura Proença Pereira, afirmou: “cada participação foi gratificante, enriquecedora, realmente um bálsamo para a nossa missão. Foram dias de aprendizado e um avivamento no compromisso de evangelizar o ambiente educacional, por meio da Pastoral da Educação”. 

Essa foi a segunda das 5 jornadas que o Setor Educação da Comissão Episcopal para a Cultura e Educação da CNBB vai realizar entre os meses de março e junho, nas cinco regiões do Brasil. A “Jornada de Formação de Educadores: Educar ao Humanismo Solidário” foi inspirada na Campanha da Fraternidade 2022, que teve como temática a educação. O intuito do projeto é oferecer aos educadores e agentes de pastoral da Educação e Universitária um itinerário formativo, reunindo os elementos constitutivos a partir do Pacto Educativo Global e do Humanismo Solidário. 

A Jornada 

Objetivo: Oferecer aos regionais, dioceses e outros parceiros programas formativos que reúnam os elementos constitutivos na formação do educador a partir do Pacto Educativo Global e do humanismo solidário como instrumento de uma formação sólida dos agentes multiplicadores dessa abordagem educativa. 

Objetivos específicos: 

  • Refletir a educação no mundo contemporâneo, com suas múltiplas realidades, e os aspectos humanizadores dos espaços educativos; 
  • Apresentar a proposta de educação à luz do Pacto Educativo Global e a vocação e missão do educador nesta perspectiva; 
  • Construir coletivamente ações educativas que levem ao compromisso comunitário e a elaboração de Políticas Públicas; 
  • Ajudar na elaboração de propostas sobre a prática Docente, o autocuidado e ação pastoral; 

Público-alvo são professores, gestores, pessoas envolvidas na educação, agentes da Pastoral da Educação e Universitária. 

(Com informações do site da CNBB)

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts