IMG_7599

Dom  João Carlos Seneme, bispo da Diocese de Toledo (PR), fala sobre a AG (para ouvir clique aqui)

O terceiro dia da 53ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), 17 de abril, iniciou com a celebração da missa dedicada aos bispos eméritos, às 7h30, na Basílica do Santuário Nacional de Aparecida. A cerimônia foi presidida pelo bispo emérito da diocese de Palmares (PA), dom Genival Saraiva de França, e concelebrada pelos bispos eméritos de Osasco (SP) e Lages (SC), respectivamente, dom Ercílio Turco e dom Oneres Marchiori.

Atividades previstas

Após a missa, os bispos participaram de uma reunião reservada,  nas dependências do Santuário Nacional, com a presença do núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D´Aniello. Também pela manhã, os bispos eméritos se reunirão para momento de partilha. A partir de 11h15, o episcopado brasileiro dedicará atenção especial às avaliações e à nova redação das “Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil” (DGAE).

Um texto sobre o “Dízimo” motivará os trabalhos da tarde. A partir de reflexões atuais da Igreja, os bispos irão debater a importância do dízimo para a vida da comunidade. Em grupos, os bispos discutirão o assunto e apresentarão propostas para animar a participação dos dizimistas. Às 18h, haverá uma sessão solene dos “50 anos do Concílio Ecumênico Vaticano II”, com presença de lideranças ecumênicas, que participarão deste momento no plenário com os bispos.

Retiro dos Bispos

O pregador será o Arcebispo de Mariana (MG), dom Geraldo Lyrio Rocha. O tema do retiro, que inicia ao meio dia de sábado e prossegue até domingo, será “O Múnus Episcopal à luz do Vaticano II”.

Jorge Teles  com CNBB

MAIS IMAGENS DA 53AG

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts