quarta-feira, 28 fevereiro 2024

Testemunho – Jovem conta como foi a Novena de Natal

jovemNove dias se passaram e hoje concluímos mais uma vez a Novena de Natal em nossa rua. Cada ano a Novena nos marca de uma forma diferente e sempre teremos algo a lembrar: das pessoas que já fizeram parte desse grupo e se encontram hoje em outro plano, das pessoas que entraram em nosso grupo e com muita fé estiveram firmes conosco, os momentos vividos juntos também serão sempre recordados, as opiniões diferentes que também fizeram parte da nossa caminhada, mas sobretudo soubemos respeitar e sempre nos despedir com um sorriso no rosto e o desejo de boa noite. As canções às vezes entoadas com dificuldade, mas cantadas de coração aberto. As dinâmicas que nos trouxeram aprendizagem hoje também nos recordamos. Ah! E como não me esquecer do rádio que nos salvou, que por meio dele pudemos ouvir a voz do nosso tão querido e amado Papa Francisco, bom, isso renderia um filme se juntarmos os nove capítulos de nossa novena de Natal, mas como Maria também nós guardemos e meditemos em nossos corações, pois só quem viveu tem essa imagem gravada pelos olhos e armazenadas em um disco rígido chamado memória.

Nessa preparação para o Natal muito falamos de paz, amor, justiça, caridade, solidariedade e quer exemplo maior que Jesus, Maria e José? Com toda simplicidade não deixaram de ser honestos, não deixaram de lado a cruz que era confiada a cada um, mesmo que custasse a morte do jovem Jesus, vemos um espelho de fé, de confiança, de esperança. No caso de José assumir um filho que não fosse ele mesmo quem fizera, e mais, por amor não largou a sua companheira. Olhando para nossa mãe Maria vemos nada mais, nada menos o que hoje o mundo tem sede, o amor, o carinho, a doçura, a paz de se meditar tudo em seu coração. Somos convidados a nos lembrar também dos reis magos, que foram prestigiar e presentear o Rei de todas as nações, de todos os tempos, que a exemplo deles, não ofereçamos ouro, mirra e incenso, mas a adoração, a veneração, a doação de nossos corações ao neném e eterno Jesus. Os pastores também fazem parte dessa história, e a exemplo deles que sejamos curiosos, mas curiosos em favor do bem, curiosos em crescer na fé e ver o que há atrás das montanhas que muitas vezes nos faz parar e até mesmo desistir. Os personagens estão completos? Não. Nós também somos personagens, pois hoje também nós somos Maria e José aguardando a vinda desse Filho tão amado, nós também somos os pastores e os reis que estão a caminho de ver o menino envolto em faixas, a caminho da mudança. Somos guiados pela luz e a Luz é a nossa busca, é ela quem nos dita as regras de que caminho seguir, basta que nós estejamos atentos e vigilantes aos sinais divinos e a cada dia quando rezamos o Pai Nosso, que realmente digamos de coração, literalmente e com o real sentido de “Seja feita a vossa vontade”. Que nos lembremos também de nossa pequenez e dessa forma nos recorremos aos nossos anjos, que junto a nós proclamam a Santidade do Senhor e dão glórias nos mais alto dos céus, mesmo quando a vontade é fugir de tudo e de todos. Que não sejamos como Herodes, orgulhoso, ambicioso, medroso, ganancioso e que não pensou no próximo tirando a vida de inocentes, que sejamos o reflexo da Luz de Cristo e somos também convidados a ser o sal da terra, dessa terra tão carente de valores. E que esse período de preparação para o natal não termine aqui, até porque Cristo não nasce apenas no dia de Natal, mas a cada amanhecer dentro de nossos corações. Pela intercessão de Maria nossa Mãe, pedimos a benção para todas as famílias que nos acolheram e também por todas as famílias necessitadas. Que a caridade nascida em nosso meio seja frutuosa, mesmo que pequena, pois o pouco com Deus se torna muito, e acredite, aprendemos mais que ensinamos.

Desejo a todos um feliz e santo Natal e um abençoado e próspero Ano Novo, e até 2015 se pela graça de Deus nos for permitido. Agradeço do fundo do meu coração a oportunidade que me deram, peço desculpas pelas falhas novamente e sempre que precisarem podem contar comigo.

Augusto Cézar Apolinário dos Santos – Coordenador do Grupo

Maripá de Minas, 16 de dezembro de 2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.