quinta-feira, 22 fevereiro 2024

Testemunho – A doença na família

doenca-na-familiaEstávamos no Vaticano, em audiência com o Papa. Devido à chuva recolheram-nos na Sala Paulo VI, pois o Santo Padre, que pensa sempre nos pobres e doentes, não queria que os doentes pegassem chuva. Chegando à sala, esperamos um pouco e, de repente, veio o Papa! Ficou 45 minutos saudando cada doente antes de se dirigir a todos. Quanta atenção, cuidado em especial aos que sofrem!

Quando o Papa parou diante de nós, disse-nos: Ah, os brasileiros do Shalom! Apresentamo-nos e ele perguntou onde morávamos. Dissemos que éramos missionários na França. Depois disso, a Luciane, minha esposa, contou que está com um tumor no cérebro. O Papa a olhou com muito amor e percebemos que ele sentia a dor como sua. Era uma verdadeira compaixão.

Colocou sua mão na cabeça dela e rezou em silêncio. Em seguida, disse por duas vezes, que rezaria por nós. Depois nos propôs uma bênção especial para este tempo de provação, nos saudou e nos deixou. Ficou uma grande paz em nosso coração. Obrigado, Senhor, porque pelas mãos de Pedro, tu nos confirmas em nossa oferta de vida e nos faz profundamente felizes de sofrer por amor a ti.

Fonte: www.familiamissionaria.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.