Testemunho – Leigas missionárias num país distante

banner-leigas-missionariasO Cardeal Van Thuan nos conta um episódio de uma de suas viagens: “Passando pela ilha de Zanzibar, no imenso Oceano Índico, num vilarejo muito pobre encontrei duas moças estrangeiras: uma era médica e a outra enfermeira. O que estavam fazendo elas naquele fim de mundo? Eram voluntárias e tinham ido ali para dar testemunho do amor cristão em um ambiente tipicamente muçulmano. Uma gota de água no Oceano! Que tamanha fé!

Em Bagamoyo, cidade portuária da Tanzânia, onde desembarcaram os primeiros missionários naquele país, tive ocasião de visitar o antigo cemitério dos padres, perto de uma gigantesca árvore típica das savanas africanas. Todos aqueles missionários tinham morrido ainda jovens. O mais velho tinha apenas trinta e nove anos. Em silêncio, caí de joelhos e beijei aquela terra sagrada. Deus é admirável em seus santos! E o vento que balançava suavemente as folhas de coqueiros parecia me dizer: pequeno rebanho, não tenhais medo!”.

(VAN THUAN, Testemunhas da Esperança, Cidade Nova, São Paulo, 2002, p. 189).

 [divider]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.