A Pastoral do Dízimo do Regional Sul 2 da CNBB esteve reunida, nos dias 02 e 03 de maio, no Centro de formação São João Diego, em Guarapuava (PR), para a realização da sua V Assembleia regional. Foi um encontro de avaliação sobre a caminhada do dízimo e a manutenção da vida pastoral das paróquias, especialmente no tempo da pandemia.  

A Assembleia foi conduzida pelo bispo de Campo Mourão e referencial para a Pastoral do Dízimo no Paraná, dom Bruno Elizeu Versari, e pelo coordenador regional padre Elves Allano Perrony. Com a representação de 15, das 18 dioceses do Paraná, os participantes da assembleia foram os coordenadores e assessores diocesanos da Pastoral Dízimo.  

Em espírito de sinodalidade, as dioceses presentes partilharam sobre como viveram, celebraram e trabalharam o dízimo com as dificuldades consequentes da pandemia da Covid-19. A partilha de cada diocese foi rica de experiências, conteúdos e materiais, que cada diocese pôde compartilhar com as outras. 

“Pelas partilhas, concluímos que, na maioria das dioceses e paróquias, num primeiro momento houve uma certa redução da doação do dízimo. Mas depois, constatou-se que os fiéis continuaram devolvendo o dízimo e dando a sua contribuição. As paróquias em que tinham o dízimo organizado conseguiram passar bem por esse tempo de pandemia”, relatou dom Bruno.   

Segundo o padre Elves, o encontro foi uma experiência de sinodalidade. “A V Assembleia da Pastoral do Dízimo foi uma verdadeira escuta, na qual todos puderam vivenciar o que nos pede o Papa Francisco: ‘Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão’, assumindo o significado de sinodalidade, que é caminhar juntos”, disse o padre.  

A partir dessa assembleia, a Pastoral do Dízimo no Paraná escolheu o tema para ser trabalhado no próximo triênio: ” Dízimo e a Catequese na Iniciação a Vida Cristã” e planeja elaborar um material próprio para o ser utilizado no Regional.  

Dom Bruno afirmou que a Pastoral do Dízimo conseguiu realizar sua missão, mesmo com as dificuldades da pandemia. “Nesse tempo, podemos constatar que a Pastoral do Dízimo foi uma das que mais conseguiu manter a missão caritativa, de poder ajudar as pessoas em suas necessidades. Então, o dízimo é uma expressão de fé do fiel que ajuda sua Igreja, como sinal de amor a Deus e amor ao próximo”, disse o bispo.  

A Assembleia encerrou-se com a escolha da coordenação regional e dos novos coordenadores provinciais da Pastoral do Dízimo. Dom Bruno deu posse aos novos coordenadores para o triênio 2022-2025. Os eleitos foram: 

– Padre Elves Allano Perrony (diocese de São José dos Pinhais): Coordenador Regional e da Província Eclesiástica de Curitiba.  

– Padre Neimar Aloísio Troes (diocese de Toledo): Vice coordenador Regional e coordenador da Província Eclesiástica de Cascavel. 

– Padre Sidney Drozio (diocese de Apucarana): Coordenador da Província Eclesiástica de Londrina. 

–  Padre Antônio M. Garibaldi (diocese de Paranavaí): Coordenador da Província Eclesiástica de Maringá. 

Coordenadores eleitos. Da esquerda: padre Antônio, padre Elves, padre Sidney, dom Bruno e padre Neimar.

Sobre o próximo triênio da Pastoral do Dízimo no Paraná, padre Elves afirmou: “Queremos ser mais ousados, criativos, unidos e missionários”.  

(Por Padre Elves Allano Perrony)

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts