O evento foi promovido e realizado pela Pastoral Afro Brasileira da CNBB 

Nos dias 22 a 25 de setembro, a Pastoral Afro-Brasileira (PAB) reuniu-se no Centro de Treinamentos de Líderes, em Salvador (BA), para a realização do 10ºCongresso Nacional das Entidades Negras Católicas (CONENC). Participaram bispos, padres e leigos, membros de Entidades Negras Católicas. 

Do Regional Sul 2 da CNBB (Paraná) participaram a coordenadora regional da Pastoral Afro-Brasileira, Cristina S. de Oliveira. Marli Teixeira, da assessoria do Conselho de Políticas Étnico Raciais da Prefeitura de Curitiba; da arquidiocese de Maringá: padre Anderson Dias Gumieri (assessor eclesiástico da PAB), Maria Aparecida Fineto (liderança paroquial da PAB), Maria Julião (coordenadora paroquial da PAB) e Rogério Caetano (coordenador paroquial e arquidiocesano da PAB). Da diocese de Apucarana: Jandira S. Mincachi (coordenadora litúrgica da PAB). 

Delegação do Regional Sul 2 da CNBB com dom Zanoni Demettino Castro.

O congresso teve por objetivo compartilhar a caminhada das comunidades negras católicas, em sua pluralidade cultural/religiosa. Um anseio presente no Documento de Aparecida: “A necessidade de construir o próprio destino e o desejo de encontrar razões para a existência podem colocar em movimento o desejo de se encontrar com os outros e compartilhar o vivido, como maneira de dar a si uma resposta” (n. 53).  

Segundo Cristina, o encontro foi de grande valia para a caminhada da Pastoral: “Foram momentos que trouxeram muitas reflexões e riquíssimas de trocas de experiências na questão da religiosidade e da cultura do povo negro, nos diversos estados do Brasil, por meio dos representantes presentes. Foram excelentes também os momentos e as participações muito interativos que o CONENC nos proporcionou”, disse a coordenadora. 

O tema do Congresso: “Descolonizar as mentes, o conhecimento; recuperar a memória histórica; fortalecer os espaços e relacionamentos interculturais”, buscou aproximar e estimular a participação na Igreja. Segundo Cristina, foi um momento de “reconhecer que a nossa espiritualidade tem sido uma forma de resistência que está, intrinsecamente, ligada a nossa identidade”. 

Os participantes do Congresso debruçaram-se sobre o estudo da Sinodalidade e a participação dos negros e negras na vida e missão da Igreja. A provocação à participação abre espaço para realmente ocuparmos âmbitos e extensões de direitos enquanto sujeitos eclesiais, cuja origem está no batismo. Esse tema foi assessorado pelo padre Ari Antônio dos Reis, mestre em teologia e professor do Instituto de Teologia e Pastoral (RS).  

A professora doutora Patrícia Teixeira dos Santos, da Universidade Federal de São Paulo, abordou o tema do Cristianismo na África e na experiência afrodescendente. “Na abordagem da professora, foi possível refletirmos sobre a dimensão de Cristo e de um Cristianismo Negro, que na África e na sua diáspora, é caracterizado, historicamente, pelo seu forte associativismo. Uma dimensão fundamental para a dinâmica e sustentação civilizatória das instituições cristãs contemporâneas”, afirmou Cristina. 

Outro tema abordado foi “África e Indígena: A igreja católica no Brasil”, com o professor Rosenilton Oliveira, antropólogo e docente da Universidade de São Paulo (USP). A partir das pesquisas antropológicas, alguns elementos foram dando bases para o catolicismo vivenciado no Brasil. Para que seja possível reconhecer e valorizar atuações de negros e negras na história religiosa e social nacional e oferecer a possibilidade de desenvolver uma ação pastoral encarnada na realidade diversa do povo brasileiro.  

Um dos momentos mais importantes do Congresso aconteceu na sexta-feira, dia 23 de setembro. Uma missa foi celebrada na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos (Pelourinho), presidida pelo arcebispo da arquidiocese de Feira de Santana e referencial para a Pastoral Afro-brasileira da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Zanoni Demettino Castro.


(Com informações de Cristina S. de Oliveira | Coordenadora regional da Pastoral Afro-Brasileira)

LITURGIA DIÁRIA

Últimos Posts