Conselho Missionário dos Seminaristas (COMISE)

Coordenação

Bispo referencial:
Dom Mário Spaki
Bispo de Paranavaí

Assessor regional:
Pe. Everton, Guarapuava

Coordenador Regional
Weslei Adriano de Lima – Arquidiocese de Curitiba
Fone: (41) 9 9837-6584
E-mail: wesleiadriano@icloud.com

Comissão regional:
Weslei Adriano de Lima, Curitiba – Coordenador; Rafael Lukachinski, Paranaguá – vice coordenador; Emerson Morici, Guarapuava – Secretário; Elielton Martins da Silva, Jacarezinho; Felipe Ferrari Cichoski, Palmas-Francisco Beltrão – Assessor de comunicação.


Introdução/Contextualização

O COMISE é o organismo encarregado de animação, formação, articulação e cooperação missionária de seminaristas diocesanos e alunos das casas de formação religiosa.

Por ser um conselho missionário que, conforme sua natureza, existe para favorecer “uma maior unidade e eficácia operativa na animação e cooperação, e para evitar concorrências e paralelismos” (Cooperatio Missionalis, 12), o COMISE não é um movimento ou um grupo missionário restrito a alguns seminaristas. Sua atuação visa comunhão e sinodalidade, está aberta a todos e pretende beneficiar todos.

Objetivo Geral:

O COMISE existe para fomentar, nos futuros presbíteros e candidatos à Vida Religiosa Consagrada, a consciência da missão como identidade do cristão e favorecer-lhes uma sólida espiritualidade e formação missionária que os tornem capazes de enfrentar os desafios da ação evangelizadora da Igreja: na pastoral, na nova evangelização e na missão ad gentes (aos povos).

Objetivos Específicos da Pastoral

  1. Colaborar para que a intencionalidade pastoral missionária configure todo o processo formativo (cf. Diretrizes para a formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil, 28);
  1. Motivar e animar os futuros presbíteros e candidatos à Vida Religiosa Consagrada para assumirem a responsabilidade de serem agentes ativos no processo de conversão pastoral que deve levar a Igreja a ultrapassar uma pastoral de mera conservação para assumir uma pastoral decididamente missionária (cf. Documento de Aparecida, 370);
  1. Fomentar a formação missionária dos seminaristas, proporcionando-lhes espaços para reflexão, vivências, troca de experiências para que a missão seja realmente eixo central da formação e os ajude a adquirir um autêntico espírito missionário;
  1. Fazer com que os seminaristas percebam que a formação missionária prepara o futuro presbítero a servir à Igreja, em sua realidade local e em seu horizonte sem fronteiras, à Igreja em estado permanente de missão e em saída (cf. Diretrizes para a formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil, 221; 381);
  1. Despertar, nos seminaristas, o espírito de generosidade e disponibilidade para as necessidades mais urgentes, para alcançar todas as periferias geográficas e existenciais que precisam da luz do Evangelho e para servir onde for necessário, também na missão ad gentes;
  1. Sensibilizar a comunidade formativa, com todos os seus agentes (seminaristas, formadores, reitores, colaboradores, bispos), sobre a necessidade da caminhada sinodal e de comunhão, visto que a missão é tarefa eclesial;
  1. Orientar os seminaristas sobre a importância de organismos de animação e cooperação missionária, existentes na Igreja, sua articulação e atuação, especialmente das Pontifícias Obras Missionárias e de diversos Conselhos Missionários, particularmente do COMISE;
  1. Propor e promover formas, atividades e gestos de cooperação missionária, sinal da maturidade da fé de uma vida cristã (cf. Redemptoris missio, 77);
  1. Ajudar na articulação e realização de experiências missionárias, que devem acompanhar todos os passos, momentos e etapas do processo formativo (cf. Diretrizes para a formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil, 236).

Sobre o local de atuação da Pastoral em 2023

O COMISE regional tem como objetivo principal a articulação missionaria dos COMISEs diocesanos, então temos como local e atuação as dioceses que tem o nosso conselho instaurado, sendo assim queremos acompanhar cada um deles dando o maior apoio possível, tendo em vista, também, fazer a divulgação e inspiração para que se crie os COMISEs nas dioceses do estado que ainda não tem, para poder cada vez mais inspirar na formação presbiteral que cada vez mais se forme o espirito missionário nos futuros presbíteros.

Sobre o público alvo da Pastoral

O público alvo de nossa pastoral são os seminaristas do estado do Parana, delimitando a ação a partir dos COMISEs diocesano.

Referências

Diretrizes para a formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil
Documento de Aparecida
Ad Gentes
Redemptoris missio