Pastoral Operária realiza encontro de rearticulação

No dia 24 de março a Pastoral Operária do Paraná se reuniu na paróquia Bom Jesus, em Ponta Grossa (PR), Província Eclesiástica de Curitiba. Estiveram presentes representantes de Curitiba, Araucária, União da Vitória e Ponta Grossa.

O objetivo do encontro foi fortalecer a articulação da Pastoral Operária no Regional Sul 2 da CNBB frente à realidade da classe trabalhadora que sofre com a perda constante de seus direitos. A análise de conjuntura apontou para a fragilidade da classe trabalhadora no momento e as limitações das organizações dos trabalhadores e trabalhadoras. O doutor em sociologia, André Langer, nos alertou com a preocupação da 4ª Revolução Industrial. “O que vamos fazer com as pessoas que não terão emprego?”.

A Pastoral Operária tem como uma das funções fundamentais promover formação da consciência de trabalhadores e trabalhadoras na luta pelos seus direitos. E a partir da formação se fortalece a organização. É preciso cultivar uma “espiritualidade do trabalho”, como afirma o Papa Francisco na Carta Enciclica Gaudete et Exsultate (n. 28) e outros documentos da igreja como a Encíclica Laborem Exercens.

O grupo saiu fortalecido, com o propósito de promover mais espaços de formação com trabalhadores e trabalhadoras nas comunidades.

(Informações: Jardel Lopes – Coordenador das Pastorais Sociais na CNBB Regional Sul 2)

Confira também

A Pastoral Juvenil tem novo assessor regional

Durante a 57ª Assembleia Geral da CNBB, que aconteceu em Aparecida (SP) entre os dias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.