Dom João Justino de Medeiros Silva é o novo arcebispo de Montes Claros (MG)

O papa Francisco aceitou na manhã desta quarta-feira, 21 de novembro, o pedido de renúncia ao governo pastoral da diocese de Montes Claros, no Estado de Minas Gerais, apresentando por dom José Alberto Moura, por motivo de idade. Na sequência, nomeou o coadjutor, dom João Justino de Medeiros Silva como arcebispo da diocese. A notícia foi publicada no Jornal L’Osservatore Romano, às 12 horas de Roma.

Dom José Alberto Moura

Dom José Alberto Moura

Natural de Ituiutaba, Minas Gerais, dom Alberto nasceu no dia 23 de outubro de 1943. Pertence à Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo, de carisma missionário, onde fez a primeira profissão religiosa, em 09 de dezembro de 1964. Em 1971 foi ordenado padre. Tornou-se bispo no ano de 1990 ainda no pontificado do papa João Paulo II, adotando como lema episcopal “Acreditei, por isso falei”.

Nos primeiros dois anos exerceu a função de bispo coadjutor, com direito à sucessão automática, de dom Frei Estevão Cardoso Avelar, na diocese de Uberlândia. Depois assumiu o governo pastoral até fevereiro de 2007, quando a Santa Sé, já sob a liderança do papa Bento XVI, transferiu-o para a arquidiocese de Montes Claros, na condição de sucessor de dom Geraldo Majela de Castro, hoje emérito.No dia 29 de junho de 2007, pouco mais de dois meses após sua posse, dom José Alberto recebeu das mãos do papa Bento XVI, em Roma, Itália, o Pálio, insígnia que o credencia como arcebispo. Dom José Alberto já foi presidente do regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e bispo responsável pela Pastoral da Saúde.

Dom João Justino de Medeiros Silva

Dom João Justino de Medeiros Silva

Nascido em 22 de dezembro de 1966, dom João Justino é natural de Juiz de Fora (MG), onde foi ordenado sacerdote em 13 de dezembro de 1992. Foi nomeado bispo auxiliar de Belo Horizonte em 21 de dezembro de 2011, e recebeu a ordenação episcopal em 11 de fevereiro de 2012.

Em 2017, o papa Francisco o nomeou como arcebispo coadjutor de Montes Claros (MG). Atualmente, é presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Também foi eleito presidente da Comissão Episcopal para a Educação do regional Leste 2 da CNBB.

Em março de 2016, foi escolhido como membro da Comissão de Cultura e Educação do Setor Universidades do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam) e se tornou responsável pelas pastorais de Educação e Cultura no Cone Sul.

(Fonte: CNBB)

Confira também

Boletim de Rádio CNBB Regional Sul 2 – Sábado (24/11) – Domingo (25/11/2018)

As principais notícias da Igreja Católica no Estado do Paraná. Alguns destaques desta edição: – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.