Dom Geremias receberá imposição do “Pálio” das mãos do Núncio Apostólico do Brasil

No dia 9 de setembro, será realizada a cerimônia de imposição do “Pálio dos arcebispos” ao arcebispo de Londrina, dom Geremias Steinmetz, pelas mãos do Núncio Apostólico, dom Giovanni D’Aniello, embaixador da Santa Sé no Brasil. A Missa Solene de imposição será às 9 horas na Catedral Metropolitana de Londrina, com a presença de bispos, autoridades, padres e fiéis da arquidiocese.

O Pálio é uma das insígnias dos arcebispos, que são os bispos metropolitas. Consiste em uma tira de lã branca, uma espécie de colarinho, com seis cruzes negras que simboliza a comunhão do arcebispo com o Papa, sucessor do apóstolo Pedro. Os pálios são usados pelos arcebispos metropolitas nas suas igrejas e nas da sua província eclesiástica.

Ao assumir a Arquidiocese de Londrina, dom Geremias passou a ser o bispo metropolita da Província Eclesiástica de Londrina, que engloba a Arquidiocese de Londrina e as Dioceses de Apucarana, Cornélio Procópio e Jacarezinho.

Entrega e imposição
O Pálio é entregue aos arcebispos metropolitas pelo Papa na Solenidade de São Pedro e São Paulo, celebrada em 29 de junho, aos arcebispos nomeados naquele ano. De volta ao seu país, o arcebispo recebe a imposição do Pálio pelo embaixador da Santa Sé, o Núncio Apostólico, na sua diocese.

Pálio
A confecção do Pálio começa no dia 21 de janeiro, dia de Santa Inês, quando o Papa abençoa a lã de duas ovelhas. Desta lã, as monjas beneditinas do mosteiro de Santa Cecília tecem os Pálios para os metropolitas nomeados naquele ano.

(Juliana Mastelini Moyses – Assessoria de Imprensa – Arquidiocese de Londrina)

Confira também

Acolhida dos missionários paranaenses ao retornarem da Missão na África

Após quatro anos dedicados à Missão Católica São Paulo VI, no país da Guiné-Bissau, África, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.