Pastoral do Menor

APRESENTAÇÃO

APRESENTAÇÃO

Pastoral do MenorJustificativa

Tendo presente o objetivo geral da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, (Doc 87), que assume a opção pelos pobres, a Pastoral do Menor se propõe a desenvolver um trabalho específico através da prática libertadora com as crianças e adolescentes empobrecidos e em situação de risco, que a cada dia, devemos amar mais, dedicando-lhes o melhor de nossa ação pastoral a luz dos quatro eixos fundamentais: Mística, Solidariedade, Justiça e Organização, que o Projeto Político põe à nossa disposição afim de que a nossa ação tenha mais unidade e organicidade. O mundo precisa de esperança, hoje mais do que nunca, nosso olhar se volta confiante para Deus, na certeza de que com Ele somos capazes de acreditar na promessa da eternidade feliz e procurar, cada vez mais, construir uma sociedade mais solidária e fraterna para que a ninguém faltem as condições de vida digna. Crianças e Adolescentes são portadores de vida nova. São sementes de Paz Social, é aurora de esperança. “São eles que precisamente nos tornam firmes na esperança”. “E a esperança não decepciona (Rm 5,5)”.

Objetivo

A Pastoral do Menor se propõe a Luz do Evangelho, buscar uma resposta transformadora, global, unitária e integrada à situação da criança e adolescente empobrecido e em situação de risco, promovendo a participação dos mesmos como protagonistas.

Diretrizes Específicas

  • Sensibilizar, motivar e mobilizar os vários segmentos da Igreja e da sociedade e do poder público, para posturas e ações efetivas em favor dos direitos das crianças e adolescentes empobrecidos e em situação de risco, conforme preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente.
  • Estimular o trabalho de base, dentro da linha comunitária, em vista de uma democracia participativa.
  • Incentivar relações de amor, da participação e da integração entre crianças e adolescentes, famílias, Educadores e comunidade em geral.
  • Desenvolver ações capazes de apontar caminhos a serem assumidos pela família, sociedade, e poder público e privado.
  • Denunciar toda forma de negligência e violência contra a criança e adolescentes.
  • Estimular um processo que vise à conscientização da sociedade na busca da efetivação dos direitos de criança e adolescentes.

Atividades Permanentes

  • Reunião da Equipe Regional.
  • Encontro Regional com representantes de cada Diocese para formação de Agentes e em trabalho conjunto com outras pastorais
  • Encontro Regional dos Adolescentes para Protagonismo Infanto-Juvenil.
  • Assembleias.

Prioridades

  • Fortalecimento e atuação política nos Conselhos através do engajamento de membros da Pastoral do Menor.
  • Articulação nas 18 Dioceses
  • Formação.
  • Militância do ECA e promover o protagonismo da crianças e dos Adolescentes.

Organização

  • Representante episcopal: Dom Mauro Aparecido dos Santos
  • Coordenadora: Doris Maria Faria
  • Coordenações Diocesanas

COORDENAÇÃO

COORDENAÇÃO

 

Coordenadora Regional
Célia Maria de Azevedo Santana
Fone: (41) 99542-9597
pastoraldomenorsul2@yahoo.com.br

 

Coordenação Regional presente na IX Assembleia Nacional Pastoral do Menor

A IX Assembleia Nacional da Pamen teve início no dia  14, no recanto Coqueiro d´Agua, em Santa Luzia, MG, com a presença de André Franzini, Coordenador Nacional da Pamen, Dom Luiz Gonzaga Fechio, Bispo Referencial da Pastoral do Menor Nacional, Dom  Guilherme Antônio Werlang, presidente da Comissão Episcopal para Serviço da Caridade, Justiça e Paz …

Leia Mais »

Pastoral do Menor elege sua nova coordenação

Aconteceu no dia 19 de agosto de 2017 na Diocese de Umuarama na cidade de Cianorte a IX Assembleia da Pastoral do Menor Regional Sul 2 com o Tema: “JESUS, FONTE QUE SACIA A SEDE E A FOME DE JUSTIÇA”. Assessorado pela teóloga Marcia Correa da CNBB em Curitiba/ PR. O texto resgata o magistério …

Leia Mais »