Movimentos Eclesiais e Novas Comunidades

APRESENTAÇÃO

APRESENTAÇÃO

Movimentos eclesiais e Novas ComunidadesA CNBB Regional Sul sentiu a necessidade urgente de provocar uma mobilização no sentido de se formar uma rede de comunicação, intercambio e fortalecimento de vínculos entre os diversos Movimentos e Novas Comunidades. Assim nasceu a Coordenação dos Movimentos Eclesiais e Novas Comunidades com este objetivo, com um Bispo referencial e um representante dos Movimentos como coordenador.

Os leigos e leigas dos diversos Movimentos possuem uma riqueza enorme e experiências fantásticas de evangelização. De procura da ovelha perdida e de levar a Deus, muitos que estavam afastados da Igreja, da Fé ou que não possuíam um referencial religioso.

Este intercâmbio começou, e em várias ocasiões trabalharam-se juntos para organizar eventos como, por exemplo, as Festas da Unidade em algumas dioceses, onde se deu visibilidade do trabalho realizado e se mostrou a unidade entre todos, Também com a apresentação de bandas dos diversos Movimentos levou-se através da música e da arte, Deus ao mundo descrente de tudo.

Além dos encontros realizados para se fortalecer esta unidade entre os Movimentos, foi ressaltada a importância de se participar da Comissão das Arquidioceses ou Dioceses do Paraná onde os diversos Movimentos atuam.

Também procuramos participar de todos os encontros da CNLB, para dar um novo impulso e motivar os Movimentos a se engajarem nos Conselhos de Leigos das suas cidades. Ajudamos na reestruturação do Conselho de Leigos local e vimos que o resultado foi excelente, pois este organismo está funcionando, e os Movimentos estão se inserindo cada vez mais.

Na medida em que todos os Movimentos estiverem inseridos nos diversos Conselhos de Leigos das próprias cidades, bem como participando da Comissão da sua diocese, se existir, a coordenação não tem mais sentido de existir, para não haver duplicidade de empenhos.

Engajados no Conselho de Leigos que procura levar todos a assumir a sua laicidade como fator fundamental para a construção da Igreja, da Ação Evangelizadora e para a construção de um mundo mais unido e fraterno, como é o desejo de Deus, estaremos respondendo a Missão a qual fomos chamados.

Ter a consciência de sermos sujeitos eclesiais, ajudando a construir a comunhão eclesial.

COORDENAÇÃO

COORDENAÇÃO

 

Bispo Referencial: Dom Rafael Biernaski

Coordenadora Referencia: Célia Marchesini (Aurora)
E-mail: marchesini.aurora@gmail.com

em-breve-mov