Igreja da Guiné-Bissau recebe container com as Bíblias

As Bíblias que chegam ao povo guineenses são fruto da Ação Missionária: Missão Palavra e Pão, realizada por toda a Igreja do Paraná durante o ano de 2016. 

Em abril, a Igreja do Paraná enviou um container para a Missão Católica Beato Paulo VI, no país da Guiné-Bissau, contendo 15.000 Bíblias em português, que foram adquiridas graças a Ação Missionária: Missão Palavra e Pão. Outras 10.000 Bíblias serão enviadas em breve. Esse container, que continha também materiais de construção de uma casa que abrigará até missionários, saiu do porto de Paranaguá e precisou 4 meses para chegar até o destino.

Após essa longa espera, no dia 1º de setembro, a comunidade da Missão abriu o container na presença do Bispo de Bafatá, Dom Pedro Zilli e do Bispo Auxiliar de Bissau, Dom José Lampra Cá. Eles realizaram uma celebração de agradecimento junto a porta do container, depois entregaram, simbolicamente, um exemplar aos missionários e também a alguns catequistas que estavam presentes. Foi um momento de grande alegria para todos.

Diocese de Bafatá vive um Ano Bíblico

Essas Bíblias serão de grande importância para o caminho de evangelização dos guineenses, pois muitos catequizandos ainda não têm acesso ao texto bíblico. Para promover a Palavra de Deus, a Diocese de Bafatá estabeleceu um Ano Bíblico (2017-2018) a fim de sensibilizar os cristãos para a importância da Palavra de Deus. “Nós achamos que não era suficiente apenas fazer a divulgação da Bíblia, mas sim um ano de sensibilização bíblica, ou seja, sensibilizar o nosso povo, os nossos catequizandos, os nossos catecúmenos sobre o valor que a Palavra de Deus tem para a vida do cristão, ela que é fonte da nossa fé, da catequese, de conversão, de mudança de vida, e que nos dá acesso a Jesus Cristo”, afirmou Padre Giuseppe Pizzoli, coordenador de Pastoral na Diocese de Bafatá.

Gratidão e alegria dos Bispos

Salete Lang recebe Bíblia das mãos de Dom José Lampra Cá

Os Bispos das duas Dioceses da Guiné-Bissau também manifestaram gratidão e alegria: “Receber a Bíblia é a melhor oferta, uma pérola preciosa. A Igreja da Guiné-Bissau está cheia de alegria e não têm palavras suficientes para agradecer a nossa Igreja-irmã brasileira”, disse Dom José Lampra Cá. Para Dom Pedro Zilli, “receber a Palavra de Deus é o maior presente que uma Igreja, que um povo, que uma comunidade pode oferecer a outra Igreja, a outro povo, a outra comunidade. Então receber as Bíblias tem um sabor muito especial para mim e para nós da Igreja da Guiné-Bissau”.

Dom Pedro também manifestou sua gratidão à CNBB Nacional, especialmente à Dom Sérgio da Rocha e Dom Leonardo Ulrich Steiner que concederam o texto da Bíblia da Edição CNBB e permitiram a produção de uma nova capa, com a foto de um arrozal, principal alimento do povo guineense, e um encarte com o texto dos Bispos Guineenses e de Dom Mauro Aparecido dos Santos, presidente da CNBB Regional Sul 2.

 

Confira no vídeo, a seguir, como foi a celebração de abertura do container com as Bíblias. 

 

Confira também

PASTORAL JUVENIL REALIZA ENCONTRO NA PROVÍNCIA ECLESIÁSTICA DE MARINGÁ

No último dia 04 de novembro o assessor da Pastoral Juvenil do Regional Sul 2, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*