Curitiba celebrou o dia da Padroeira com a chegada de dois bispos

Em 8 de setembro Curitiba comemorou o dia da padroeira da cidade e da Arquidiocese de Curitiba, Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Neste ano de 2017, o dia que já é especial, teve um fator a mais para comemoração: a chegada de dois novos bispos para atuarem na Arquidiocese de Curitiba: Dom Amilton Manoel da Silva e Dom Francisco Cota de Oliveira.

A acolhida foi calorosa. Centenas de fiéis estiveram na Catedral Basílica para a Celebração Eucarística às 10h, para conhecer os novos bispos auxiliares da Arquidiocese de Curitiba. A missa foi celebrada pelo Arcebispo Dom José Antônio Peruzzo e co-celebrada pelo arcebispo emérito, Dom Pedro Fedalto.

21463022_1511069625652985_6661265309308371645_nEstavam presentes boa parte do clero, autoridades, familiares e amigos dos bispos recém-chegados, representantes de diversas comunidades além dos bispos Dom José Carlos Souza Campo (Divinópolis), Dom Eduardo Vieira dos Santos (auxiliar de São Paulo), Dom Rafael Biernaski (Blumenau), Dom Mauro Aparecido dos Santos (Cascavel), Dom Antônio Wagner da Silva (Guarapuava), Dom Moacir Silva Arantes (auxiliar de Goiânia).

Para Dom Peruzzo, a data da chegada de Dom Amilton e Dom Francisco não poderia ser melhor: “Foi uma feliz coincidência a chegada deles ser prevista para o início de setembro, próximo ao dia de Nossa Senhora da Luz, para podermos realizar nesta data tão simbólica esta acolhida”. Durante a homilia, Dom Peruzzo ainda ressaltou a presença do arcebispo emérito como inspiração: “Que alegria é vê-los ao lado de Dom Pedro Fedalto, servo humilde, que vive pela missão e entrega sua própria história pessoal para os desígnios que o Senhor o traçou. Que possamos sempre o termos por perto para nos inspirarmos por sua presença”.

Com humildade, Dom Amilton e Dom Francisco receberam as boas vindas de Dom Mauro, que falou pela CNBB Regional Sul II; do Padre Rivael de Jesus Nascimento, coordenador do Clero da Arquidiocese de Curitiba; do irmão Pedro da CRB; e do Conselho de Leigos de Curitiba, representada por André Luz e Ana Josiele. E também com humildade ambos falaram sobre o que representa a chegada deles a Curitiba.

21430505_1511067048986576_5042773539686056962_nDom Amilton falou sobre a alegria em seu regresso a esta Arquidiocese, comentando que já esteve por aqui por um bom tempo: “Eu residi em colombo por 11 anos, deixei estas terras há 10 anos e não esperava ter a alegria de voltar como bispo. Estou feliz por servir e amar a Deus e dizer Sim a Ele, sem reservas. Aqui estou aberto para junto com Dom Francisco, colaborar com Dom Peruzzo no pastoreio desta querida arquidiocese de Curitiba”. O bispo, que é da Congregação dos Passionistas, ainda comentou sobre sua expectativa: “O que proponho é seguir o que escolhi como meu lema episcopal – Gloriar-se na Cruz de Cristo. Meu ministério episcopal será na ótica de Jesus Crucificado, sendo que em Cristo, me faço um com vocês”.

21371294_1511067288986552_4826261918945309136_nA alegria em estar com o povo de Curitiba também foi comentada por Dom Francisco, que ainda ressaltou um belo sinal de Deus: “Hoje comemoro 48 anos de batismo. Neste dia, no ano de 1969, Dia de Nossa Senhora da Luz, nasci para a Vida da Igreja. Deus vai dando seus sinais e nos convocando de várias formas. Não obstante nossos temores, procuramos responder generosamente com o Sim”. Sobre a expectativa, Dom Franscisco reforçou que seu lema episcopal já retrata a explicação de sua vinda: “Vim para Servir – O processo inicial será o de aproximação, se fazer presente por todas comunidades em que passaremos”.

Dom Amilton Manoel da Silva, 54 anos, nasceu em Osvaldo Cruz, SP e estava atuando como padre na Paróquia São Paulo da Cruz, em São Paulo – Capital (conheça sua biografia aqui). Dom Francisco Cota de Oliveira, 48 anos, é natural de Onça do Pitangui/MG e vem da diocese de Divinópolis-MG (conheça sua biografia aqui).

Lançamento da Bíblia e dos Símbolos Missionários:
A celebração contou também com uma grande novidade para a Arquidiocese de Curitiba: o lançamento de uma campanha permanente de Peregrinação de uma Bíblia, uma Cruz e da imagem de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais por todas as paróquias e comunidades católicas da área da abrangência da Arquidiocese. O objetivo é incentivar o aspecto missionário da Igreja Católica, para levar celebrações a mais pessoas, incluindo atividades fora dos templos.

Durante a celebração a Bíblia e os símbolos foram levados ao altar por representantes da Infância e Adolescência Missionária de Curitiba. O coordenador de cada setor da Arquidiocese recebeu um exemplar da Bíblia e foi realizada a entrega dos símbolos ao setor pinhais, setor pelo qual inicia a peregrinação.

Confira a reportagem:

Acolhida aos bispos

Foi mesmo especial a Celebração Eucarística no dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, em que o povo da Arquidiocese de Curitiba acolheu nossos novos bispos. Confira na reportagem de nossa Pascom em parceria com a Canção Nova Curitiba. 😉

Publicado por Arquidiocese de Curitiba em Segunda, 11 de setembro de 2017

 

Fonte: Arquidiocese de Curitiba

Confira também

XX Encontro da Pastoral da Saúde do Regional Sul 2 em Guarapuava

O encontro da Pastoral da Saúde aconteceu nos dias 10, 11 e 12 de novembro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*